quinta-feira, 25 de junho de 2015

Jantar romântico com Chandon Passion e Salmão grelhado com legumes



Tem nada melhor que um jantar leve, uma boa espumante e velas na mesa... então prepare o clima com uma música leve, arrume a mesa, coloque a espumante pra gelar e prepare esse jantar prático, saboroso e lindo por seu amor:


Nada melhor que um salmão grelhado com legumes.

Aqui usei 400g do peixe, vagem espaguete, abobrinha e cenoura.

Para os legumes, você cozinha brevemente a vagem e a cenoura em água, depois leva na frigideira anti aderente junto com a abobrinha (pois esta tem mais água e cozinha no vapor). Refoga com 1 colher de manteiga e uma pitada de sal.


O salmão, também em frigideira anti aderente, grelhei com sal e pimenta branca.


Sobremesa? Veja aqui uma ótima opção: Frutas com Ganache light


A Espumante Chandon Passion apresenta uma cor levemente salmão, uma espuma abundante com formação de um colarinho bem definido e borbulhas finas, ativas e numerosas.

O aroma frutado lembrando maracujá, pêssego e a lichia com toque floral. 

No paladar, após um ataque de acidez e maciez do vinho base revelam a harmonização e a complexidade deste sutil equilíbrio, com final intenso a frutas tropicais. Uma verdadeira explosão de sabor na boca.



Tim tim.. um brinde ao amor!

Maminha assada ao vinho


Quer coisa melhor que uma carne suculenta e macia para saborear com um delicioso vinho?

Ingredientes:
  • 1kg de maminha (aproximadamente)
  • 2 cebolas grandes em rodelas
  • 2 dentes de alho amassados
  • 1 raminho de alecrim
  • 1/2 garrafa de vinho tinto (a outra meia garrafa você degusta com o prato :)
  • Sal grosso

Em uma panela, ferva o vinho com as cebolas, os alhos o alecrim por aproximadamente 20 minutos.
Retire as cebolas e o alecrim e reserve.

Em papel manteiga, disponha a carne, fure toda a peca, cubra com o molho de vinho. Deixe a maminha com a parte da gordura para cima e espalhe sal grosso somente nesse lado.
Feche o papel manteiga, e leve para assar em forno médio por em média de 40 minutos.
Retire do papel manteiga, adicione as cebolas e o alecrim e leve para a assar por mais 20 minutos.
O tempo de forno vai depender muito da grossura da peça de maminha e do seu forno.
Por isso cuide pois esse tipo de carne, assim como a picanha e o mignon, devem ser servidos ao ponto, que é tostadinho por fora e vermelhinho no centro.

Acompanhe com arroz branco ou mandioca cozida e salada verde. 

sábado, 20 de junho de 2015

Série Uvas Viníferas


Você tem dúvidas sobre os tipos de uvas tintas, brancas e espumantes?

Quais as características de um Cabernet ou Merlot, ou qual a diferença entre espumante, champagne e frisante? Então acompanhe a Série Uvas Viníferas que iniciará em Julho.


Dividiremos os conteúdos em três etapas: tintas, brancas e especial espumantes.


A série acontecerá de julho a setembro e além de ensinar os tipos de uvas, daremos dicas de vinhos de cada uma delas, além de dicas de harmonização.




Adicione seu e-mail na página inicial aqui do Blog e receba todo o conteúdo por correio eletrônico, será um prazer ter você com a gente!

Vinho de Bordeaux e um bom canelone de quatro queijos

Château Haut Saric Bordeaux Superieur 2011 


Esse tinto Frances de Bordeaux é elaborado com Cabernet Sauvignon(40%) e Merlot(60%).

Envelhecido em tanque de inox por 6 a 8 meses.
No olfato lembra pimenta e no sabor é extremamente frutado e bastante seco. 
Fica muito bem acompanhado de queijos, pão torrado e salame.





















Como prato, servimos com canelone quatro queijos com molho de carne.





quinta-feira, 18 de junho de 2015

Vinho faz bem a saúde!

Vinho e saúde!

Recentemente, uma matéria no programa Globo Repórter (TV Globo) gravado na Serra Gaúcha falou mito sobre os benefícios da uva na forma de vinho e também de suco de laranja.

Muitos de nós escutamos dos nossos avós ou bisavós aquela história que beber uma taça de vinho ao dia torna a vida mais longa. E ultimamente tenho lido muito sobre as hipóteses poderosas de emagrecimento que a uva proporciona.

Segundo o portal “Tua Saúde” os benefícios do vinho para a saúde estão relacionados com a presença de uma substância chamada resveratrol, que o vinho tinto possui e que é antioxidante. Assim, os benefícios do vinho para a saúde humana podem ser:
  • diminuir o risco de doenças cardíacas;
  • ajuda a prevenir tromboses, derrames e acidentes vasculares cerebrais;
  • diminui o risco de infartos;
  • ajuda a controlar a pressão alta;
  • diminuir o colesterol.


O vinho tinto possui cerca de 20-50 vezes mais resveratrol do que o vinho branco, especialmente porque durante a produção, na fermentação, são incluídas as cascas das uvas que são ricas em resveratrol. Para se ter todos os benefícios do vinho tinto para a saúde basta beber um copo de 250 ml de vinho tinto por dia.


O vinho além de resveratrol, que faz bem para a saúde, também tem álcool que tem calorias e é um tóxico para o organismo, por isso não se deve consumir quantidades acima das recomendadas. Os benefícios do vinho para a saúde, sem o risco potencial presente no álcool, podem ser encontrados no vinho sem álcool. O suco de uva não tem uma concentração relevante da substância ativa e por isso não tem os mesmos benefícios.



E concluindo isso tudo... uma taça de vinho tinto diária, por favor!

segunda-feira, 15 de junho de 2015

Salada: essa refeição pode ser completa!


Salada é tudo de bom e ela também pode ser seu prato principal se tiver equilíbrio entre os carboidratos + proteínas + fibras e gorduras boas.

E tudo é questão de criatividade para preparar e também para “ensinar” o paladar a conhecer e gostar de novos sabores.

Nessa salada temos tudo isso e gosto muito de usar ela em substituição do jantar, eu uso:

  • Alface de dois tipos
  • Agrião ou rúcula
  • Tomate comum ou cereja
  • 2 ovos cozidos
  • 1 bolinhas de mozzarella de búfala
  • 1 colher (sopa) de creme de ricota (ou use ricota esfarelada)
  • 1 fio de azeite de oliva para temperar
  • 1 colher (sopa) de croutons
  • Não uso sal pois o sódio já está no queijo e no creme de ricota.




domingo, 14 de junho de 2015

Como fazer redução de vinagre balsâmico?

Vocês já perceberam que o tal redução de balsâmico está "na moda", faz parte de muitos pratos de cardápios, receitas na televisão e internet. 


E o que é esse molho? Nada mais que a mistura de um bom vinagre balsâmico e açúcar mascavo.


Aí você cozinha até ele reduzir o volume e ficar em ponto de calda, por isso chama redução de balsâmico. 

É um molho que acompanha muito bem carnes vermelhas mas também um salmão grelhado. Fica adocicado e com uma leve acidez. 







Clique aqui e leia sobre a nossa viagem ao Chile

Tagliatelle com ervas finas e filé com redução de balsâmico:

Receita da redução de balsâmico:

  • 1 xícara de vinagre balsâmico de boa qualidade
  • 2 colheres (sopa) de açúcar mascavo
  • 3 colheres (sopa) de azeite.



Em uma panela em fogo baixo, misture todos os ingredientes até ficar em ponto de calda (o ponto de calda aqui é tipo aquele de chocolate usado em bolo, cuide para não virar ponto de caramelo).

Filé mignon
Grelhe os medalhões dos dois lados já temperados com sal e pimenta a gosto. Sirva ao ponto. 
Como saber se o medalhão está "ao ponto"? Fácil... apertando o bife no centro, ele deve estar macio, apartando eles nas pontas deve estar firme. 


Preparando a massa:
Nada de mistério... aqui você prepara a massa normalmente. Refogue a parte (pode ser na mesma frigideira dos filés) alho em azeite, jogue a massa dentro, adicione sal e ervas finas secas.

Viu como é fácil? Tem cara de chique e elaborado mas é tudo muito prático e sem muitos mistérios...

Veja aqui mais uma opção para harmonização.


Para harmonizar:


sábado, 13 de junho de 2015

Dica de vinho descomplicado!


Aí está um vinho para quem quer começar a beber vinho ou apenas para quem quer um vinho descomplicado, daqueles que bastam abrir e apreciar.


Essa é a proposta da vinícola Australiana Yellow Tail.

Conheci a proposta desta empresa em uma apresentação das minhas queridas colegas de Pós Graduação Maria e Andreia.  Elas contaram um pouco da inovação da empresa que após uma pesquisa, perceberam que as pessoas, principalmente a cultura americana, tinha a ideia que "beber vinho era complicado", que necessitada de conhecimentos e rituais para isso.

Curiosa, fui verificar a informação e claro, resolvi comprar uma garrafa para experimentar esse vinho tão inovador. 

Se visitar o site da empresa, verá que ela tem uma comunicação bastante jovem; é colorido, dinâmico e com muito conteúdo. 


Esse Shiraz é picante, frutado e muito aromático. Tem taninos equilibrados (envelhecido em carvalho) e  boa acidez.

A garrafa custa em média R$ 38,00. Vale a pana, compararei outra!




Corações de polvilho da mamãe

Uma tarde de sábado fui tomar café na casa da minha mãe e ela diz:
- Mana, aprendi uma receita na casa de uma amiga que é levinha e sem glúten. Vou fazer, tu vai adorar..

Chego lá e a casa estava super cheirosa com a o tal do lanche assando e também um café preto passando.

Quando minha mãe coloca a mesa, vejo um pote de doce de leite. Ignoro a tentação, pego um coração e como com café preto. 
Então ela corrige: - Não filha, tá errado esse jeito de comer. Tem que fazer um furinho no meio do coração e colocar uma colher de doce de leite dentro... Aí penso: sem glúten ok, mas levinho? Ah, coisa de mãe... heheheh

Bem, aí vai a receita original:


  • 500g polvilho doce
  • 1 copo de leite 
  • 1 copo de azeite
  • 1 colher (chá) de sal
  • 2 colher (chá) de açúcar
  • 3 ovos
Bate tudo no liquidificador. Em forma de silicone (usamos aquelas grandes com as cavidades de corações, por isso chama "coração de polvilho"), coloca a massa pela metade e leva para assar até dobrarem de tamanho e dourarem. 

Quando prontas, como diz minha mãe, você faz um furo no meio, com a colherinha mesmo, e enche de doce de leite. Fica assim:




Adaptações...

Bem, na massa para substituir o azeite e o leite, use 1 copo de iogurte natural + 1 copo de água morna. O iogurte dará uma boa consistência e já tem sua gordura natural. 

Para rechear, use geleia diet ou para versão salgada cotage, creme de ricota...
Ainda outra forma é colocar o recheio enquanto assa. Você pode colocar ainda menos da metade da massa nas forminhas, rechear e então colocar mais um pouquinho de massa. Idéias de recheio:

  • tomate picadinho + orégano
  • goiabada + queijo de minas frescal
  • pasta de amendoim
  • banana + canela
  • peito de peru + ricota


Também pode usar polvilho azedo, nesse caso fica bom nas versões salgadas pois lembra muito o pão de queijo. 


Mas ainda sobre a receita original que minha mãe fez eu digo: pode ser gordice, mas é muito bom!!!!!!!!!!! 

terça-feira, 9 de junho de 2015

Frutas com ganache light



Gente, o ganache, pra quem não sabe, é uma receita que leva chocolate + creme de leite.

É muito usado para coberturas de bolos. 

Considerando que esses dois ingredientes não são nada leves e quero passar sempre pra vocês receitas leves mas com muito sabor, vamos adaptar para uma versão essa tradicional versão. 

Ganache light 

100g de chocolate ao leite*
2 colheres (sopa) de iogurte natural light.

* normalmente o chocolate usado é o meio amargo mas como teremos a acidez (o famoso azedinho) do iogurte, usei a versão ao leite.


Frutas usadas:
Morango, uva rubi e abacaxi.
Todos picados bem pequenos.


Derreta o chocolate no microondas por aproximadamente 30 segundos e interrompa aos 15 segundos para mexer o chocolate. Adicione o iogurte. Cubra as frutas picadinhas e sirva em seguida. 

Usei o chocolate da marca Cacau Show que vem com pedacinhos de castanha de cajú.





sábado, 6 de junho de 2015

Tipos de Rolhas

Tá, e agora? A tradicional rolha de cortiça pode ser substituída pela sintética ou mesmo por garrafas com tampa de rosca?

Rolha de cortiça tem alguma função para o vinho ou é apenas glamour dos apreciadores mais tradicionais?


Veja na imagem uma orientação resumida:
















Entenda melhor sobre rolhas de cortiça x sintética x rosca:

Rolhas de cortiça:
·         É conhecida como a melhor vedante para os vinhos.
·         Tem longa durabilidade, portanto, é possível armazenar vinhos por mais tempos.
·         Permite a entrada de oxigênio, o que muitos acreditam ser bem para o envelhecimento de grandes vinhos.
·         Natural, é biodegradável.  
·         Normalmente é usada para vinhos de longa guarda.
Rolhas sintéticas:
·         Custo pra a produção significativamente inferior se comparada as de cortiça então isso pode também ser um fator de redução do preço final do vinho.
·         Não é reciclável.
·         Durabilidade é limitada, por isso é indicada para vinhos de consumo imediato.
·         Existem rolhas sintéticas de melhor qualidade que podem preservar vinhos em até 6 anos porém elas tem um custo tão alto ou até maior que as de cortiça.
Rosca (Screwcap)
·         Reciclável e baixo custo
·         Facilidade para abrir e ótima para levar vinhos para viagens e piqueniques.
·         Pode perder a capacidade de vedação por conta dos impactos na cápsula.
·         Ainda não há muitos dados sobre o uso desse tipo de rolha para vinhos que

·         Permitem maior guarda mas acredita-se que se usadas adequadamente, pode permitir o uso em qualquer tipo de vinho. Em geral são apresentadas como rolhas de excelente qualidade para o produto. 




Que taça devo escolher?

Tá OK, você vai ao supermercado para encontrar a taça ideal e depara-se com tantas opções que confundem você?


Saiba que para um degustador iniciante, comprar uma taça é tão complicado quanto escolher o vinho. Mas, mesmo os mais experientes podem ter dúvida diante da variedade.
Então, a primeira atitude é entender por que há tantas taças de formatos diferentes.
Material da taça:
Existem basicamente três opções: de cristal, cristal de vidro ou vidro. A diferença entre elas é a presença e o teor de chumbo, metal utilizado em sua produção. A de cristal tem até 24% de chumbo, o cristal de vidro vem com cerca de 10% e o vidro não tem. O chumbo dá mais leveza, delicadeza e sonoridade, além de fazer com que a espessura da taça seja mais fina. 
Tipos de taça:
Veja os exemplos de taças mais usuais em restaurantes e degustações:















Cuidados ao lavar a sua taça:
Para lavá-las, recomenda-se água morna e uma quantidade mínima de detergente líquido. 
E se a taça não for bem enxaguada, o produto pode alterar o sabor e o aroma do vinho e, no caso do Espumante ou Champagne, impedirá que se formem as borbulhas.








Feira do Dia do Vinho/ABS-RS


De 03 a 07 de junho, acontece na Usina do Gasômetro, em Porto Alegre/RS a Feira do dia do Vinho.

Lá há muitas vinícolas do Sul do Estado expondo na feira, lá temos a oportunidade de degustar e comprar vinhos com um bom desconto.

Mas o melhor de tudo isso, na minha opinião, são várias palestras e degustações que estão sendo promovidas pela Associação Brasileira de Sommelier/Sessão RS e em parceria com a Phenix Eventos.




Os eventos vão desde "Espumante e seus fascínios", Descobrindo o Cabernet Sauvignon", "Assemblange - Vinhos de Corte" e a palestra degustação que participamos:

Vinhos e Uvas Diferentes

Nessa degustação guiada pelo sommelier (que aliás, é fantástico) Vinicius de Miranda Santiago falou sobre vinhos feitos em castas não convencionais. 

Tivemos a oportunidade de degustar vinhos de castas fantásticas que são novidades por aqui mas já cultivadas há bastante tempo em países como Itália e França e Califórnia/EUA. 

Muitas das castas que provamos, eu desconhecia como o caso da Lorena que é composta pelas uvas Malvasia e Seyal. Provamos o vinho da Vinícola Cainelli, um branco fresco com aromas de pêssego e maçã e notas florais. Boa acidez, combina muito bem com pratos leves como peixe. Porém, por tratar-se de um vinho mais ácido (e a acidez do vinho ajuda a "quebrar a gordura", limpando o paladar) harmoniza melhor com salmão, pois é um peixe mais rico em gordura. 

E então degustamos outros como 
Marselan: Cabernet Sauvignon e Grenache (Perini);
Rubi Cabernet: Cabernet Sauvignon + Carignan (Campos de Cima);
Tannat (Guatambu)
Tampranillo (Lidio Carraro)
Barbera (Perini)
Sangiovese (Vaccaro).

Evento fantástico! Corre lá que termina amanhã, na Usina do Gasômetro em Porto Alegre.
Segundo o sommelier Vinicius ainda teremos muitas novidades promovidas pela ABS-RS. 
Aguardo ansiosa!!!! :)



Durante a feira


Entrada da Feira





quinta-feira, 4 de junho de 2015

DICA em Porto Alegre - Vinum

Wine Bar + Bistrô + Loja de Vinhos em um só lugar existe?Sim, é a Vinum Enoteca.


Não conhecia a casa e fiquei encantada com a proposta de servir vinhos e espumantes em taças ou garrafas em um local tipo bar mas com aconchego de bistrô. 

Você pode comprar na loja e pode sentar em um lugar aconchegante com um ótimo atendimento e provar ali mesmo seu vinho, espumante e um delicioso prato. 

Adorei a proposta do lugar e foi muito conveniente pois meu esposo que prefere cerveja, pôde apreciar uma Stella enquanto eu optei pelas espumante em taça: a Cave Geisse e a Dom Giovanni Brut Rosé. 











FÁCIL, FÁCIL! Frango Recheado com gorgonzola coberto com geleia de pimenta

Frango Recheado com gorgonzola coberto com geleia de pimenta.Acompanha purê de batata doce e salada verde. 

Serve 2 pessoas.
-------------------------------------------------------


























Essa receita impressiona e é muito fácil.
Abra um peito de frango inteiro e de socos para que fique mais fino.Tempere com alho picado, sal e recheie com gorgonzola. Enrole feito rocambole usando papel alumínio. Leve para assar por 30minutos.

Primeiro, abra um espumante, um vinho rosé ou branco depois faça a receita: 

Enquanto isso, leve 2 batatas doce - descascadas e picadas - para cozinhar 

Quando pronto, corte e cubra com geleia de pimenta (já falei sobre ela aqui e você encontra pronta em casas especializadas ou em bons mercados na sessão de geleias ou molhos. 

Para o purê, amasse as batatas. Para dar cremosidade, use 1 colher de creme de ricota.
Se não tiver, substitua pelo tradicional manteiga + leite ou ainda manteiga + creme de leite.
Só lembrando que a primeira opção fica muito mais leve e magra.  


Prontinho, sirva com seu vinho de preferência. 

Eu vou de Português - RAPARIGA DA QUINTA - Rosé 2013