quinta-feira, 3 de março de 2016

Degustação na Cave Geisse





Sempre que possível vamos para região tão querida de Bento Gonçalves e este final de semana foi a vez de visitar a Cave Geisse, em Pinto Bandeira que fica bem próxima a cidade de Bento.


Já conhecíamos os espumantes mas a visita à vinícola só me fez apreciar ainda mais tanto os rótulos quanto a história da empresa e de seu fundador: o engenheiro agrônomo e enólogo Mario Geisse, chileno que veio para o Brasil em 1976, contratado para dirigir a Moët & Chandon do Brasil. Logo nos primeiros anos percebeu que aqui existia um potencial incrível e ainda não desvendado para se desenvolver a elaboração de produtos de alta qualidade, principalmente em matéria de espumantes, que ele considerava ser a grande vocação da região então em 1979 fundou a Vinícola Cave Geisse.



Hoje, na Cave Geisse, é dada a máxima atenção em cada fase do processo de elaboração dos espumantes. Essa dedicação é recompensada com o alto padrão de qualidade atingido pelas bebidas elaboradas, marcadas pelo respeito ao estilo próprio de vinhos que o Brasil pode oferecer.

Um belo exemplo é o espumante Cave Geisse, ícone da vinícola, considerado pelos experts como o melhor espumante do Brasil. Hoje pode ser encontrado nos melhores restaurantes e lojas especializadas.

A qualidade está na essência da Cave Geisse. Desde o princípio, Mário Geisse identificou o potencial da região para a produção de espumantes, renunciou ao sistema de produção latada e foi vanguardista ao optar pelas espaldeiras altas. Os resultados são espumantes premiados e respeitados por renomados críticos.



Nenhum comentário:

Postar um comentário